domingo, 14 de março de 2010

A Poesia


Colho as palavras
melódicas suaves
incontroláveis
que surgem do nada
e no entanto fazem todo o sentido.... 

4 comentários:

Taddeu Vargas disse...

Olá Fátima, parabéns! Simples como a frase que tudo diz, o poema que o coração escreve não é de aprendiz! Voltarei para acompanhar sua escalada! Abraço forte.

Educação e Política disse...

Grande poeta! Grande amiga!
Competência é seu nome!
Desenvolver o gosto pela leitua e formar leitores, é uma tarefa para educadores que amam, que respeitam e que acreditam que somente através do conhecimento faremos a diferença na sociedade.
Igualdade de oportunidade para cidadãos conscientes de sua inserção no mundo e a leitura é o melhor caminho e percurso para viajarmos e nos transportarmos a um mundo que desejamos e sonhamos.
Essa é sua missão! parabéns por cumprí-la grande pedagoga!!
Beijos: profª Neide

Nilmar Barcelos disse...

Palavras para entender de novo o que já foi dito.

Mistério do Planeta disse...

a leveza das palavras...


que bonito sua poesia.