domingo, 24 de janeiro de 2010

E tanto  fez
que calo

o silêncio da fala é deserto
soluço entredentes
calo o absurdo
retina e paranóia.

Um comentário:

Dulce disse...

Tantas vezes o silêncio faz-se necessário...
beijos e boa semana