quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Eu sei


Se eu berrasse toda minha dor, talvez eu não estivesse aqui como pugilista, me nocauteando ainda no primeiro round.
Não,não estaria.
Talvez eu pudesse digerir o mantra da semana: Eu sei....eu sei....eu sei....eu sei...
Eu sei de tudo, mas não quero saber.
eu sei que não tem mais volta.
Mas não quero saber.
Eu sei que seus olhos estão em outra pessoa.
Mas não quero saber.
Não quero saber de nada.
está tão escuro... Vamos abrir a janela, vamos?
De repente se sol entrar, tudo melhora.
Tudo não ficaria assim...tão....
sem você.
Eu sei.
Tenho que aprender daqui pra frente.
Eu sei.
Nunca mais seus olhos de céu sobre mim.
Eu sei.
Caminhos opostos.
Direção inversa.
O caminho é para lá.
Eu sei.
eu sei.

Arruma um canto pra eu chorar.

(Postado Originamente  no endereço:http://ziriguidumpower.blogspot.com/)

2 comentários:

Beto Brandão disse...

O PADRE, A MOÇA

7.

Quando lhe falta o demônio
e Deus não o socorre;
quando o homem é apenas homem
por si mesmo limitado,
em si mesmo refletido;
e flutua
vazio de julgamento
no espaço sem raízes;
e perde o eco
de seu passado,
a companhia de seu presente,
a semente de seu futuro;
quando está propriamente nu;
e o jogo, feito
até a última cartada da última jogada.
Quando. Quando.
Quando.


Carlos Drummond de Andade - Lição de Coisas - Ato

Diario da Fafi disse...

Quando... se... quando.... se..... quan...do